Como alcançar a eficiência operacional na sua indústria?

Gerenciar uma indústria requer estratégias de melhoramento contínuo e crescimento progressivo. Afinal, o mercado é competitivo e existem sempre aprimoramentos a serem feitos nos diversos segmentos internos. Tudo pode ser melhorado ao longo do tempo —desde a produção até a satisfação do consumidor final, passando pela logística.

Esse é o intuito da eficiência operacional: garantir o aperfeiçoamento de processos para aumentar a produtividade, diminuir custos e tornar a marca mais competitiva. Quer saber mais sobre tema, sua importância e como alcançar a eficiência operacional na sua indústria? Continue a leitura!

O que é eficiência operacional?

Uma fábrica é composta de operações, tanto produtivas quanto administrativas. A eficiência operacional é o esforço conjunto de colaboradores e gestores para melhorar continuamente todos os processos realizados pela empresa.

Nos empreendimentos que optam por adotar essa tática, existe uma dinâmica de investigação de problemas e aplicação de correções permanente. Antes de disponibilizarem mais recursos, os gerentes trabalham melhor com os que já possuem.

O grande diferencial dessa estratégia é encontrar os erros e apontar soluções diversas, a fim de encontrar a maneira mais apropriada para realizar um procedimento. Essa alternativa será revisada periodicamente e novas falhas serão identificadas e resolvidas. A eficiência operacional é cíclica e, portanto, sem fim.

Quais são as características dessa estratégia?

A principal característica dessa estratégia é a manutenção da qualidade dos seus produtos e serviços sem que isso gere mais custos. Pelo contrário, ela quer que as despesas sejam reduzidas.

Outro atributo importante é o monitoramento constante de falhas. Nos empreendimentos que aderem a esse objetivo, nenhum retrabalho passa despercebido. Todos são investigados, apontados e solucionados.

A prevenção é outra palavra-chave dentro da eficiência operacional. Afinal, prevenir é mais adequado e barato que consertar. Um exemplo prático é a manutenção preventiva do maquinário, quando os equipamentos passam por processos periódicos para evitar que quebrem e parem a produção, acarretando prejuízos.

Qual a importância da eficiência operacional?

A eficiência operacional é importante para garantir a competitividade, a produção de qualidade e a redução de custos. Além, é claro, da satisfação do cliente final, que é o objetivo maior de qualquer empresa inovadora. A rentabilidade e o bom posicionamento no mercado são consequências de atitudes cotidianas.

Trabalhar com eficiência é produzir mais e melhor sem precisar de mais recursos. Diante dessa máxima, conheça alguns benefícios da implantação dessa estratégia na sua indústria!

Melhora a qualidade dos produtos

Processos eficientes asseguram a qualidade dos produtos. A eficiência depende de inúmeros fatores: capacitação técnica dos colaboradores, comunicação interna eficaz, metas e objetivos claros e máquinas e equipamentos funcionando plenamente.

Quando todos esses componentes são valorizados, e é isso que acontece na adoção da eficiência operacional, a qualidade dos produtos passa por melhorias que antes sequer eram cogitadas.

Otimiza a produtividade

Como citado antes, os processos produtivos são reavaliados e repensados sob uma ótica de eficiência. Assim, a produtividade sofre um aumento significativo, pois tudo que puder ser melhorado será. Inclusive, desburocratizando alguns aspectos, informatizando e agilizando outros.

Diminui os custos

É impossível falar de eficiência e não falar de redução custos — uma vez que o objetivo principal é a identificação e a solução criativa e inovadora de falhas. Erro é sinônimo de desperdício. Quando a atenção se volta para ele, a consequência natural do processo é a queda progressiva de custos.

Aumenta a competitividade

Uma empresa eficiente é, sem dúvidas, mais competitiva. Isso porque a melhoria da produtividade e da qualidade dos produtos e a redução de custos terão impacto direto na satisfação do cliente. Nenhuma empresa sobrevive ao mercado atual se não priorizar a opinião do consumidor final.

Como alcançá-la?

Alcançar a eficiência operacional demanda tempo, disciplina, engajamento e consistência. Os resultados não vão aparecer da noite para o dia. Essa estratégia deve ser levada em consideração no médio e longo prazo. Porém, como visto acima, os benefícios dela compensam o esforço inicial.

Cada empresa deve desenvolver seus próprios métodos de acordo com o seu contexto cultural. No entanto, é importante que siga determinados passos para que não se perca na implementação do planejamento voltado para a eficiência operacional. Saiba como alcançá-la!

Mapeie os processos

A primeira etapa para tornar os procedimentos operacionais mais eficientes é mapeá-los. Isso significa estudá-los e conhecê-los a fundo. Se for preciso, descreva cada um por escrito. Consulte os colaboradores responsáveis por executá-los e apreenda tudo que for importante.

Identifique as falhas

Uma vez descritos os processos, é hora de identificar as falhas e os pontos de melhoria. Aqui, também é importante que os responsáveis pela execução apontem sugestões. É necessário avaliar se todos os processos são realmente relevantes ou existe excesso de burocracia e perda de agilidade.

Planeje soluções

Com os pontos de melhoria identificados, é a vez de planejar soluções. É imprescindível ter em mente que um procedimento pode ser executado de inúmeras formas. A mais eficiente é a mais rápida, que gasta menos recursos e que gera o melhor resultado.

Conte com a tecnologia

As inovações tecnológicas são grandes aliadas da eficiência. Elas têm um desempenho mais ágil, em muitos casos, e os resultados são melhores. A tecnologia ajuda ainda no monitoramento e na comparação dos resultados alcançados.

Avalie os resultados

E, por falar neles, os resultados devem ser avaliados e comparados frequentemente. Porque, no final das contas, o que importa para a empresa são os números que a estratégia vai trazer.

Monitore as operações

A eficiência operacional é um ciclo de melhoramento, por isso, é considerável monitorar as operações constantemente. Sempre que achar importante, refaça as etapas. E não se esqueça de que os resultados virão no médio e longo prazo.

A eficiência operacional é uma tática essencial para as empresas que querem se manter e se destacar no mercado. Não existe indústria sustentável que não estabeleça o melhoramento e o desenvolvimento contínuo. Se você quer que seu negócio esteja entre os melhores, é hora de torná-lo mais eficiente!

Gostou de saber mais sobre o tema? E que tal agora entender como cuidar de forma efetiva dos equipamentos da indústria? Acesse nosso artigo sobre os tipos de manutenção e aprenda tudo sobre o assunto!

Compartilhe: