4 passos para otimizar a gestão de fornecedores da sua indústria

A indústria é movida por seus agentes internos e externos, sendo que, internamente, conta com colaboradores. Já externamente, precisa lidar com a satisfação do cliente e estabelecer uma boa relação com aqueles que a abastecem de insumos e são seus parceiros comerciais. É por isso que uma gestão de fornecedores é tão importante no contexto industrial

Além disso, é ela que suprirá a necessidade de matéria-prima da sua fábrica e permitirá que a produção não pare. Quer saber como a gestão de fornecedores funciona, qual sua importância e, ainda, conhecer alguns passos para otimizá-la? Continue a leitura!

Como funciona a gestão de fornecedores?

A gestão de fornecedores funciona como um conjunto de processos, ações e acordos que visam estabelecer um relacionamento saudável e eficaz entre a empresa e aqueles que são encarregados da matéria-prima, da manutenção ou da terceirização de alguns serviços.

Mas para dar certo, essas relações devem ser baseadas na confiança mútua, na possibilidade de bons negócios, que beneficiem ambos os lados, e na capacidade da indústria de se organizar para manter as solicitações sempre em dia e do fornecedor de entregar o pedido sem atrasos, praticando preços justos.

Qual sua importância?

Uma gestão de fornecedores eficiente é importante para diversos aspectos do empreendimento, por exemplo, planejamento, organização, produtividade, qualidade do produto ou serviço.

Assim, os benefícios variam desde uma maior integração entre as áreas internas da empresa até melhor satisfação dos clientes, sem contar no estabelecimento de parcerias duradouras. Confira algumas vantagens que a boa administração do setor traz para a indústria!

Aumenta a produtividade

A produtividade está diretamente ligada à gestão de estoque e ao setor de compras. Trata-se de aspectos que só funcionam quando integrados e em perfeita sintonia. Qualquer falha em uma dessas variáveis pode prejudicar diretamente um rendimento.

Portanto, a boa gestão de fornecedores permite que aqueles que são comprometidos com a entrega em dia, com preços e prazos justos sejam valorizados e priorizados. Assim, a produtividade não corre risco de ser interrompida por erros externos.

Minimiza os custos

Fazer pedidos de última hora, comprar de fornecedores sem comparar preços, qualidade e condições de pagamento, aumenta significativamente os custos. Por isso, é preciso saber com quais abastecedores e terceirizados dá para contar. Outro ponto importante é fazer estudos e relatórios comparativos para entender melhor em qual contexto cada fornecedor será mais útil.

Amplia a oportunidade de negócios

As oportunidades de bons negócios perdidas pelas empresas que negligenciam a gestão de fornecedores são imensas. Quando o contrário acontece e esse relacionamento é valorizado, muitas negociações são beneficiadas. Logo, quanto melhor é a gestão, melhores são os acordos estabelecidos.

Melhora a qualidade dos produtos e serviços

Ter uma rede de fornecedores consistente e confiável torna a qualidade dos produtos melhor. Os insumos oferecidos costumam manter o alto padrão e o resultado disso é a manutenção da satisfação dos clientes — fator importante para a competitividade das empresas no mercado atual.

4 passos para aprimorar a gestão de fornecedores

Para otimizar é preciso atentar-se para detalhes relevantes, como a avaliação de números comparativos de desempenho e aspectos subjetivos de relacionamentos que, algumas vezes, não podem ser mensurados no curto prazo, mas que são transformados em bons negócios no futuro. Veja agora como fazer isso na sua indústria!

1. Considere a sazonalidade de produtos e serviços

O primeiro passo de uma gestão de fornecedores efetiva é a compreensão de que alguns produtos e serviços são sazonais, ou seja, são oferecidos em determinada época do ano ou de acordo com alguma data específica.

Portanto, é interessante considerar tais particularidades no momento de planejar a administração do setor ao longo do tempo. Assim, você saberá em quais momentos cada fornecedor será relevante.

2. Implemente um software de gestão dos fornecedores

A tecnologia é uma ferramenta essencial para os modelos de gestão atuais. Sistemas de gerenciamento integrados são significativos e contribuem para que as avaliações de desempenho e a comparação de fornecedores sejam feitas de maneira apropriada.

Assim, invista em um software que viabilize o gerenciamento dos processos de compras e retorne informações precisas sobre os fornecedores. Esses sistemas oferecem dados pertinentes para avaliação, comparação e planejamento. 

Além disso, os colaboradores também precisam estar cientes que abastecer esse sistema da maneira adequada é de suma importância para o sucesso dessa estratégia.

3. Valorize o bom relacionamento com os fornecedores

O bom relacionamento com os fornecedores é tão importante quanto a satisfação dos clientes. Desse modo, é possível prestigiá-los de inúmeras formas, seja priorizando-os na hora de negociar ou criando relações duradouras e, ainda, mantendo uma comunicação clara, objetiva e humana.

Afinal, o grande componente das empresas é a força humana e sempre se lembrar disso fará com que as ligações sejam consistentes e prósperas. Logo, saiba reconhecer a importância desses agentes externos e ateste isso com clareza.

4. Organize o setor de compras

Um passo fundamental para que a gestão de fornecedores retorne os resultados esperados na sua indústria é a organização do setor de compras. Por isso, também é preciso reconhecer a importância da estruturação e controle do estoque.

Saber exatamente quais itens estão em seu nível mínimo e quais estão em excesso dá para o setor de compras uma ampla margem de negociação com os fornecedores. Além disso, evita pedidos de última hora, atrasos e interrupções da produção.

Outro ponto importante na organização do setor de compras é a capacitação dos colaboradores. Eles precisam saber as técnicas apropriadas para gerenciar o estoque, as compras e, ainda, negociar com os representantes que abastecem a indústria.

Por fim, gestão de fornecedores nada mais é que a capacidade que a empresa tem para fazer com que os insumos cheguem para a produção no momento certo, pelo preço justo e com o melhor prazo de pagamento possível. Assim, cabe aos gestores viabilizarem os melhores negócios para que isso sempre aconteça e para transformar os fornecedores em parceiros comerciais, estabelecendo a credibilidade e confiabilidade da sua indústria.

O conteúdo foi útil? Achou interessante o assunto? Então, assine nossa newsletter para sempre receber posts como esse!

Compartilhe: