Previsão de demanda: como ela pode otimizar a tomada de decisões?

As empresas estão cada vez mais conectadas e influenciadas pelos agentes internos e, principalmente, externos. Economia, política, inovação e tecnologia são fatores que impactam diretamente nos resultados financeiros de uma organização.

Para lidar com tamanho número de variáveis e garantir competitividade aos seus processos, é preciso que os gerentes e gestores invistam no planejamento estratégico. Uma das ferramentas mais eficazes e pertinentes, nesse contexto, é a previsão de demanda.

Por meio dela é possível gerenciar melhor os estoques, assegurar o fluxo orgânico da cadeia de suprimentos e prever a expansão ou a retração de mercados. Assim, a tomada de decisão futura é feita com antecedência. Neste post vamos falar um pouco mais sobre o tema, sua importância, os benefícios e como fazê-la. Quer saber mais? Acompanhe!

Afinal, o que é previsão de demanda?

Previsão de demanda é a técnica aplicada no planejamento estratégico baseado em estimativas econômicas, políticas, financeiras e, até mesmo, em inovações tecnológicas e mudanças comportamentais.

Diante do grande número de variáveis, é possível que sejam criados cenários, como: normal, otimista e pessimista e embasar as decisões, principalmente de médio e longo prazo, nessas conjunturas.

A importância para a indústria

Fazer hipóteses sobre as demandas é essencial para o sucesso competitivo da indústria. Entre os diversos efeitos positivos estão a melhoria na gestão do estoque, potencialização dos resultados financeiros, aumento da lucratividade e mais segurança nos processos decisórios.

A previsão de demanda contribui para que a gestão de estoque seja mais eficiente e evita, assim, desperdícios ou excesso de produtos acumulados. O estoque bem gerido é sinônimo de fluência na cadeia de suprimentos. Dessa forma, os resultados financeiros também são impactados positivamente.

Além disso, as decisões estratégicas são tomadas considerando-se aspectos mais amplos, o que possibilita uma visão de médio e longo prazo mais extensa. Os resultados dessa estratégia estão diretamente ligados ao aumento da lucratividade.

Outro ponto crucial e determinante para a relevância da previsão de demanda é a capacidade que ela tem para considerar aspectos externos nos mais diversos níveis de intensidade, mensurar as consequências dessas ocorrências dentro do negócio e apontar soluções e caminhos para enfrentar os possíveis obstáculos.

3 benefícios da previsão de demanda

Criar estimativas futuras de demanda é de total importância e traz inúmeros benefícios para o negócio, agregando competitividade e valor aos processos gerenciais e a tomada de decisão. É possível encontrar soluções para problemas futuros, melhorar a fluidez da cadeia de suprimentos e por fim aumentar a lucratividade. Veja!

Soluções estratégicas

Viabilizar e analisar as perspectivas de médio e longo prazo de demanda, ajudando na elaboração de soluções para problemas que ainda nem existem. É a prevenção aliada à previsão para tornar o empreendimento mais competitivo. Assim, antecipar desafios permite que resoluções também sejam antevistas e implementadas com prudência.

Fluência da cadeia de suprimentos

A previsão de demanda afeta diretamente a gestão do estoque e a fluência da cadeia de suprimentos. Isso acontece porque ao conhecer as estimativas de demanda e todo contexto que as envolve, é possível pensar em estratégias que mantenham fluente todas as etapas que compõem cadeia de suprimentos.

Aumento da lucratividade

Todos os impactos positivos e benefícios envolvendo previsão de demanda têm como um dos objetivos principais aumentar a lucratividade do negócio. Os indicadores de desempenho, inclusive os de rentabilidade, é que vão mostrar se a estratégia e as decisões tomadas foram acertadas ou se é preciso fazer ajustes.

A previsão de demanda na prática

Na prática, as estimativas de demanda vão orientar as decisões estratégicas e operacionais do negócio em um determinado período. É interessante esclarecer que previsão de vendas e previsão de demanda não são iguais.

A primeira considera apenas a estimativa de vendas. Já a segunda é bem mais abrangente e busca conectar aspectos internos e externos e seus impactos dentro da inferência de demanda.

Existem várias maneiras de mensurar uma previsão de demanda, em que algumas são mais subjetivas, enquanto outras mais objetivas e trabalham com cálculos. Conheça um pouco mais desses métodos:

  • método qualitativo baseado em pesquisa: é usado para um curto período, conta com grande subjetividade, já que o público-alvo responde perguntas sobre o produto ou serviço e o que leva a consumi-lo.
  • método quantitativo estatístico: é usado para o médio e longo prazo, sendo mais confiável por trabalhar com números e cálculos. O custo desse método é menor que o de pesquisa, o que faz com que ele seja frequentemente utilizado.

5 passos para uma previsão eficiente                                                                          

A previsão de demanda pode ser feita de inúmeras maneiras. Aqui vamos apresentar 5 passos básicos para você começar a desenvolver essa estratégia na sua empresa. Confira!

1. Defina os objetivos

Saber quais objetivos quer alcançar é o primeiro passo para implantação de qualquer técnica ou estratégia. É nesse momento que gestores definem os rumos do negócio e para onde querem caminhar. Os objetivos podem ser: inovação de uma linha de produto, inserção ou ampliação de um novo mercado, entre outros.

2. Estabeleça o período

Com os objetivos já traçados, é hora de determinar o período que a previsão vai cobrir. É importante ter em mente que esse é um fator absolutamente relevante para o sucesso da previsão. O período pode ser: curto, médio e longo prazo. Isso vai depender das especificidades dos objetivos.

3. Escolha o método

Como vimos anteriormente, existem métodos mais subjetivos e outros mais objetivos. Os primeiros são para objetivos de curto prazo, já os últimos, que envolvem cálculos estatísticos, servem melhor prazos maiores.

4. Analise os dados coletados

Tanto as pesquisas quanto as estimativas estatísticas vão gerar dados que devem ser analisados e trabalhados com critério, pois é a partir deles que a previsão será feita. Independentemente do método usado, o importante é que as informações sejam utilizadas corretamente.

5. Acompanhe os resultados                                

Elaborada toda a previsão, ela será usada como base para as tomadas de decisões gerenciais, por isso é indispensável acompanhar todos os resultados e estar atento para possíveis variações abruptas, podendo refazê-la ou reajustá-la caso necessário.

A previsão de demanda é uma das melhores ferramentas estratégicas para lidar com a imprevisibilidade e as incertezas do mercado, antecipando-se a elas. Assim, a competitividade do seu negócio é otimizada pela capacidade de prever soluções para problemas que ainda nem existem.

Gostou deste post e quer saber mais sobre soluções para problemas futuros? Leia o nosso post sobre “Motivos para contratar uma empresa prestadora de serviços”!

Compartilhe: