Entenda a importância do serviço de copa para a sua empresa

O serviço de copa pode ser utilizado em diversas situações, proporcionando uma série de conveniências para as pessoas que dele desfrutam. Se passar despercebido, é sinal que funciona bem. Por outro lado, quando algo nos “bastidores” sai errado, todos notam. 

Deslizes como um café que chega frio à mesa de quem o solicitou podem gerar, inclusive, más impressões acerca da empresa. Para evitar problemas do tipo, muitos gestores optam por terceirizá-lo, assim como costumam fazer com os profissionais de limpeza e segurança.

Se você deseja entender a importância do serviço de copa, continue a leitura deste post. Você vai ver que as atribuições que competem à atividade impactam tanto nos funcionários quanto em clientes, fornecedores, parceiros e demais visitantes.

O que é o serviço de copa?

Empresas de médio e grande porte não abrem mão de ter uma copa. Nesse espaço são preparados comes (petiscos e lanches simples) e bebes (sucos, chás, cafés e águas), que servem de combustível para a jornada de trabalho dos funcionários, bem como para receber, cordialmente, clientes, fornecedores e outros visitantes.

Além disso, a equipe da copa deve prover alimentos e bebidas a eventos, reuniões, apresentações e outras ocasiões ocorridas na empresa. Da elaboração do cardápio à montagem das bandejas, tudo ocorre nesse local.

Qual é o papel do profissional de copa?

O copeiro de uma empresa ou de um escritório trabalha diretamente com o atendimento de pessoas. Em dias “normais”, cabe a ele atender às inúmeras solicitações feitas durante o expediente, como pegar um copo de água para um convidado, um café para o diretor da empresa etc.

Em ocasiões especiais, como em eventos corporativos, é o profissional da copa que, muitas vezes, cuida da mesa do coffee break. Ele repõe alimentos e bebidas, e serve os convidados com cordialidade, agilidade e disposição.

As atividades do copeiro começam com o planejamento dos comes e bebes — mesmo que sejam produtos industrializados, como bolachas, snacks, refrigerantes e sucos prontos, servidos no dia a dia. É ele quem define os itens e as quantidades do que as pessoas têm à disposição na empresa.

Além disso, o profissional se responsabiliza pela conservação da copa e dos respectivos equipamentos e utensílios. Isso vai da limpeza do mobiliário à higienização adequada de louças e talheres, como copos, xícaras, colheres, bandejas etc.

Qual é a importância do serviço de copa?

Há empresas (principalmente nas de micro e pequenas) nas quais os funcionários têm que:

  • tomar café em algum estabelecimento externo, perdendo muito mais tempo do que seria realmente necessário;
  • passar o próprio café e limpar o espaço destinado à chamada “copinha”.

Acontece que esse tipo de rotina é cansativo e ainda desvia os colaboradores de suas funções principais. Um serviço de copa profissional, por outro lado, oferece diversas comodidades. Por exemplo:

  • nunca falta café fresco e água gelada, bem como algum tira-gosto de acompanhamento;
  • os funcionários não precisam se ausentar da empresa no meio do expediente para ir à padaria mais próxima;
  • a limpeza da copa está sempre em dia, tornando-a um ambiente agradável.

Por essas e outras, o serviço de copa é visto como um diferencial nas empresas, afinal, ele proporciona pequenos — mas essenciais — momentos de descontração na labuta diária.

Além disso, o funcionário ou o cliente que se sente bem na empresa difunde essa informação. O contrário pode comprometer a imagem do negócio.

Quais são as 4 melhores práticas para esse serviço?

O serviço de copa integra as facilities destinadas a aumentar o conforto em ambientes corporativos. Quer saber como isso é possível? Conheça 4 boas práticas!

1. Organização de mesas e bandejas

No dia a dia, o profissional de copa faz a montagem das bandejas que levam água, café e companhia. Em função disso, ele é treinado para manipular corretamente os alimentos e as bebidas.

Em ocasiões especiais, como eventos ou reuniões importantes, cabe a ele organizar os comes (previamente porcionados) e bebes. Nessas horas, é preciso saber a melhor maneira de dispô-los e ter noção de decoração de mesas postas.

2. Limpeza e conservação

Os cuidados com os mobiliários e eletrodomésticos da copa, bem como com os utensílios e demais objetos, são de responsabilidade do copeiro. Seja no dia a dia ou em ocasiões especiais, cabe a ele recolher copos e xícaras, higienizando-os corretamente.

Outro ponto importante: a figura desse profissional deve ser condizente com sua atribuição. É preciso usar roupas adequadas, touca nos cabelos e ter as unhas sempre cortadas.

3. Regularidade e padronização

Diferentemente de empresas nas quais os próprios funcionários se revezam no comando da copa, um copeiro profissional consegue manter a regularidade e o padrão nos serviços oferecidos. Isso evita reclamações e até mesmo desentendimentos.

Em reuniões ou apresentações, o copeiro evita interrupções desnecessárias, aparecendo apenas quando solicitado, conforme combinado previamente.

O profissional de copa também controla o estoque do setor. Ele garante a reposição dos mantimentos, solicita alimentos e produtos de limpeza quando têm que ser adquiridos e informa se algo precisa ser consertado.

4. Educação e cordialidade

O profissional de copa atende às demandas de funcionários e visitantes para que todos se sintam bem tratados. Para tanto, presta os atendimentos com zelo, educação e gentileza.

Preparado para lidar com o público, ele conhece o DNA e as normas da empresa, sabe se portar corretamente e tem noções de etiqueta. Dessa forma, adapta-se a diferentes perfis e situações com naturalidade.

Por que terceirizar esse serviço?

A lista de serviços terceirizados é longa. Sendo o serviço de copa uma atividade-meio, terceirizá-lo garante um serviço de qualidade, independentemente da demanda — seja no dia a dia ou em ocasiões especiais. Isso acontece porque quem cumpre a função se especializou na área.

A falta de profissionalismo, por outro lado, pode tornar o ambiente desconfortável — isso sem falar no perigo relacionado à higiene e à segurança alimentar.

Além disso, terceirizar o que não é core business aumenta consideravelmente a eficiência dos funcionários. Isso acontece porque eles podem se dedicar às suas reais atribuições, sem precisar parar para assumir, ainda que rapidamente, as funções do copeiro.

Como escolher uma empresa especializada?

Contar com o apoio de uma empresa especializada em atividades operacionais é mais fácil e eficiente do que fazer contratações internas. Com base nas especificidades de cada negócio, ela pode dimensionar o tamanho e a expertise da equipe que vai atuar na copa.

Para acertar na escolha, considere o tempo em que a prestadora de serviços está no mercado e os tipos de treinamento oferecidos, bem como a frequência de atualizações dos colaboradores. Por mais que o serviço de copa se restrinja aos bastidores, ele alcança a todos que trabalham ou têm contato com a sua empresa. Sendo assim, nada de deixá-lo a desejar!

Agora que você já sabe as vantagens de terceirizar as atividades complementares ao funcionamento da sua empresa, que tal descobrir mais sobre serviços terceirizados? Para isso, baixe nosso e-book gratuitamente!

Compartilhe: