Saiba como engajar os moradores para participar das assembleias de condomínio

EFD Reinf para condomínios: entenda mais sobre o assunto

Todo síndico profissional passa por diversos desafios. Afinal, além de ter uma boa convivência com os moradores e buscar as soluções necessárias para as questões apresentadas de forma prática e eficiente, ainda é preciso convencer os vizinhos a participar das assembleias de condomínio.

Esses encontros são fundamentais para criar as diretrizes e aprovar o plano de ação da gestão. Por esse motivo, a adesão do maior número de condôminos é fundamental.

Quer saber como engajar os moradores para participar das assembleias de condomínio? Então, continue a leitura!

Promova a comunicação

A informação é uma das formas mais eficientes para engajar as pessoas, por isso, saber usá-la a seu favor é fundamental. Você pode fazer isso promovendo a comunicação das reuniões do condomínio, o que inclui as assembleias, por meio de comunicados, redes sociais, e até mesmo, informativos de circulação interna. O famoso ‘boca a boca’ também é bastante efetivo. Por isso, é importante estabelecer uma boa comunicação interpessoal com os vizinhos.

O importante é fazer com que as informações cheguem a todos os condôminos efetivamente, o que aumenta as chances de as pessoas se inteirarem acerca das questões do condomínio e, consequentemente, se sentirem mais motivadas a participar das discussões envolvendo pautas relacionadas ao empreendimento.

Faça rodízio entre temas importantes e secundários

Para que os encontros não sejam maçantes e estressantes, é sempre válido mesclar temas de alta relevância e aqueles menos importantes. Isso deixará o encontro menos denso, e dará uma boa dinâmica para que todos os integrantes se sintam motivados a participar das pautas em questão.

Vale enfatizar que ser menos expressivo não quer dizer que o tema não seja relevante, mas que ele pode ser usado para equilibrar os ânimos mais acalorados, já que a votação em assembleia costuma dividir opiniões no condomínio.

Defina uma pauta objetiva

Contar com uma boa pauta é fundamental para nortear os trabalhos de modo mais efetivo. Ou seja, você precisa ter em mente quais serão os assuntos em debate na reunião. Assim, para evitar que alguma questão não seja levantada, é recomendado que a pauta seja elaborada com antecedência, seguindo as diretrizes da Convenção do Condomínio.

Vale lembrar que as pautas devem ser objetivas, pois com isso fica mais fácil que as pessoas entendam o que será votado no encontro, evitando que a reunião se estenda além do tempo estabelecido. Isso acontece porque é possível nortear os trabalhos seguindo os temas já estabelecidos, não dando espaço para outros assuntos, que podem atrapalhar o andamento dos trabalhos previstos.

Tenha uma gestão transparente

Quanto maior a credibilidade da gestão do condomínio, maior é a segurança dos moradores em dispor seu tempo para ouvir as questões de interesse comum. Por isso, manter uma gestão transparente é fundamental.

Para tanto, envie os relatórios de despesas e receitas e exponha o valor do fundo de reserva. Além disso, a prestação de contas deve acontecer de forma sistemática, para afastar qualquer suspeita de irregularidade.

Dessa forma, ao fazer uma convocação para uma assembleia do condomínio, as pessoas saberão que os temas realmente são relevantes e que o encontro será focado em questões que não se prendem apenas aos aspectos administrativos corriqueiros dos quais elas já têm acesso.

Crie um calendário de reuniões

Quando a gestão se organiza e divulga com antecedência as atividades da assembleia de condomínio, fica mais fácil as pessoas se planejarem, o que eleva as chances de sucesso do encontro. Parece algo bastante óbvio (e realmente é), mas essa organização evita dispersões que podem comprometer os trabalhos por falta de quórum.

Reforce a comunicação no período e também no dia para garantir que as pessoas se lembrarão da reunião. Para uma comunicação mais rápida, aposta no uso das redes sociais do condomínio, como o grupo no WhatsApp.

Mantenha o foco nas pautas do dia

Evitar assuntos fora da pauta é essencial para manter o foco nas atividades propostas e mitigar discussões fora de contexto. Isso também evita que as reuniões se estendam por muitas horas, o que acaba desmotivando as pessoas a participarem do encontro.

Além disso, como a maioria das pessoas trabalha, as assembleias de condomínio costumam ser à noite, quando elas já estão cansadas pela rotina do dia. Portanto, planejamento e organização são fundamentais para manter o foco nas reuniões e conseguir resultados efetivos.

Invista na assembleia virtual

Em tempos de pandemia desencadeada pelo Coronavírus, garantir o distanciamento social é fundamental. Por isso, as assembleias virtuais podem ser uma boa solução.

Além disso, muitas pessoas não conseguem deixar a rotina da casa para participar ativamente da assembleia de condomínio. No entanto, quando a reunião pode ser assistida da casa do condômino, ele tem mais facilidade de conciliar a rotina da casa e dos filhos, por exemplo.

Com isso, fica mais fácil engajar os participantes, já que, com o advento da transformação digital, é possível se conectar com as pessoas onde quer que elas estejam.

Assim, promover as assembleias de condomínio em ambientes virtuais eleva as chances de participação dos condôminos, já que eles não precisam se deslocar para efetivar a participação.

No entanto, é importante lembrar que é necessário seguir os mesmos critérios da assembleia presencial, normatizados no Código Civil. Assim, a assembleia virtual deve contar com edital de convocação, registro de atas, entre outras questões.

É possível viabilizar o encontro virtual utilizando plataformas virtuais e gratuitas, mas se você achar pertinente pode investir em uma versão paga, que promove ainda mais segurança de dados para os encontros virtuais.

Assim, ao colocar em prática essas ações para engajar os moradores para participar das assembleias de condomínio, é possível conquistar uma maior adesão dos condôminos, o que é fundamental para que eles se sintam cada vez mais satisfeitos com os serviços prestados.

Além disso, a ampla participação confere mais efetividade para a tomada de decisão, o que eleva o nível de confiança na gestão do condomínio. Quando você ouve os condôminos, eles se sentem mais engajados para participar de modo mais efetivo das assembleias de condomínio.

Se você gostou deste artigo sobre como engajar os moradores para participar das assembleias de condomínio, assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!

Guia prático sobre como garantir uma boa limpeza em condomínios
Compartilhe:
chat on-line
Olá, tudo bem?

Como posso te ajudar?

chat on-line
pt_BRPortuguese