Por que as empresas devem se preocupar com a segurança eletrônica?

A segurança patrimonial é uma preocupação constante. Para as empresas, manter os colaboradores e o patrimônio preservados sempre foi uma necessidade diante dos índices de violência.

Hoje, com inovações tecnológicas surgindo a todo momento, os serviços de vigilância evoluíram. A segurança eletrônica é uma opção escolhida com frequência e pode ser usada pelas mais diversas companhias ou mesmo residências.

O monitoramento eletrônico apresenta inúmeras vantagens desde que sua implantação seja feita da forma correta, por profissionais gabaritados e com equipamentos eficientes. Estar atento a isso pode, ainda, colocar sua empresa à frente de várias maneiras, principalmente em relação a custos, qualidade do serviço e monitoramento de quem pode ou não entrar na organização.

A seguir, traçamos um panorama do que você precisa ter em mente ao optar por um serviço de vigilância aliado à tecnologia! Acompanhe!

Quais os benefícios da segurança eletrônica

Lugares que contam com monitoramento tecnológico podem inibir ações de violência e transmitem sensação de segurança às pessoas que o frequentam. Mas não para por aí. Para os gestores de companhias, os benefícios listados abaixo são extremamente consideráveis.

Comunicação imediata de ocorrências

É possível comunicar em tempo real qualquer eventualidade, uma tentativa de arrombamento, por exemplo, e, assim, uma equipe de vigilância acaba sendo acionada. Contar com um sistema eletrônico é como ter uma equipe 24 horas por dia cuidando do seu patrimônio.

Relação custo-benefício

Por meio de um sistema avançado de equipamentos, você pode dispensar a presença de vigilantes e diminuir o custo da segurança sem perder em efetividade. Vale lembrar que muitos negócios têm a necessidade de contar com a presença dos vigilantes, mesmo assim a quantidade pode ser reduzida, o que impacta positivamente no custo com funcionários.

Disponibilidade de acompanhamento

O monitoramento acontece o tempo todo, sem intervalos. “No momento da ocorrência, você já toma a ação e, quando há a necessidade de enviar um órgão público ao local, é possível fazer isso com efetividade, sem gerar alarmes falsos”, explica Ricardo Matenhauer, gerente comercial da VS Tech, que faz parte do Grupo Verzani & Sandrini.

Optar pelo monitoramento eletrônico é interessante, porque você tem o registro de todos os acontecimentos. “Por exemplo, em um assalto, é comum levarem o equipamento de segurança. Porém, quando você opta pelo monitoramento remoto, as imagens ficam armazenadas e você preserva o histórico da ocorrência”, afirma o gerente comercial. Ou seja, efetividade total em segurança!

Quais equipamentos compõem a segurança eletrônica

São diversos dispositivos que integram um sistema. Alguns deles são comuns a todos os sistemas e outros bem mais específicos. Podemos citar:

  • central de alarme;
  • sensor de movimento;
  • botão de pânico;
  • câmera;
  • TVs ou monitores;
  • barreira perimetral;
  • torniquete;
  • catraca eletrônica.

Ricardo Matenhauer explica também que “o principal no sistema de segurança usado hoje são os drones e toda a parte de vídeo analítico, que auxilia o operador”. Isso se deve ao fato de que, em determinados casos, são mais de 200 câmeras para fazer a análise no local.

Para a segurança de espaços específicos, como fazendas ou áreas mais extensas, é possível usar red scan, um scanner de infravermelho, e radares. “Para locais que não podem ter invasão de privacidade com imagem, o radar também detecta drones da região até 100m de distância”, informa o gerente da VS Tech.

Como implantar um sistema eficiente

Não importa o tamanho do seu negócio, mantê-lo sob vigilância é fundamental para proteger estoques, cargas e tudo o mais. Contudo, não basta instalar câmeras no estilo “faça você mesmo”. “Cada empresa pede uma tecnologia que mais se adequa às suas necessidades. Por isso, um consultor de segurança deve analisar e criar um projeto específico, caso a caso”, diz Ricardo. Ele continua: “O consultor de segurança analisa todas as necessidades e construirá um projeto específico para que essa empresa possa ter uma proposta que seja exatamente exequível para seus objetivos”.

Quais as formas de desenvolver o sistema de segurança

De acordo com o gerente comercial da VS Tech, você pode solicitar à empresa de segurança o projeto e, nesse ponto, há duas alternativas:

  • você compra somente o projeto da empresa e adquire por conta o material no mercado;
  • após assinar o contrato com a companhia de segurança, ela mesma fornece todo o material, a instalação e não cobra o projeto.

Quanto à manutenção, “caso você opte pela aquisição do produto, a empresa acrescenta um valor para um contrato de manutenção. Se escolher a locação do material, a manutenção está inclusa dentro do valor da locação”, explica Ricardo Matenhauer.

Ricardo ainda faz uma observação bastante pertinente quanto à contratação da empresa: “é preciso garantir que a empresa apresente o projeto executivo de segurança com as plantas, as instalações, os quadros elétricos e onde estão esses equipamentos. Isso porque não necessariamente a empresa contratada permanecerá com a Companhia para sempre. Assim, em uma futura manutenção, quem assumir o contrato precisa estar por dentro da estrutura desenhada para dar sequência”.

Por que contratar uma equipe especializada

Em primeiro lugar, porque estamos falando de um serviço que precisa ter eficiência. Quando a questão da segurança é terceirizada para um parceiro da área, você ganha em competência e tranquilidade para focar no seu negócio, delegando a responsabilidade.

Além disso, com uma equipe especializada você tem a garantia de que desenvolveu o melhor projeto para seu negócio, com os equipamentos indicados e mais modernos. Isso porque há a chancela de especialistas em segurança eletrônica.

Ricardo também dá algumas dicas para facilitar essa contratação: “avalie toda a documentação da empresa, como as Certidão Negativa de Débito (CNDs) e demais documentos para entender sobre a saúde financeira, assim como o capital social desta”.

Por que escolher a VS Tech, do Grupo Verzani & Sandrini?

Quando se fala em capital social, veja se o projeto oferecido está dentro das possibilidades da empresa. “Hoje, a gente vê no mercado projetos de segurança eletrônica custando R$2,5 milhões, mas o capital social da empresa é de R$50 mil. Caso a empresa que estiver executando o trabalho enfrentar algum problema, o cliente não vai conseguir resgatar o valor”.

Com a Verzani & Sandrini, você não corre esse tipo de risco, pois estamos falando de uma potência — com mais de 50 anos de expertise no assunto. “A Verzani & Sandrini tem capilaridade para atender qualquer tipo de cliente e fazer o investimento necessário.

Hoje, atendemos a maior rede de shoppings do Brasil, indústria e todos os demais segmentos. Quando olhamos a concorrência no mercado, tudo o que estiverem propondo, a Verzani já fez. Quem mais pode atestar a capacidade da Verzani é o próprio cliente”. Também há outros diferenciais, como você conhece a seguir.

Criptografia contra hackers

Vazamentos de informações e invasões de hackers são sempre noticiadas, mas não se trata de um problema aqui. “Todo o sistema que usamos em segurança eletrônica, até para as imagens, é tudo criptografado. Então, você conta com uma proteção que dificulda ou até impossibilita a invasão de hackers”, aponta Ricardo.

De olho nas novidades

O Grupo também acompanha feiras internacionais para sair na frente em tecnologia, com equipamentos de última geração — o red scan, por exemplo, é de Israel, um dos países que mais saem na frente em segurança eletrônica.

Apostar em um sistema de segurança eletrônica não oferece apenas um saving considerável à sua empresa, mas traz mais efetividade na vigilância, com uma tecnologia própria ao seu negócio. Claro que tudo isso está diretamente ligado à contratação de uma equipe especializada e com tradição no negócio.

Você viu que a VS Tech, do Grupo Verzani & Sandrini, oferece mais tranquilidade, serviços atualizados e competência. Ou seja, o melhor para sua empresa. Entre em contato conosco, não espere mais!

Compartilhe: