Saiba como realizar a limpeza de ambulâncias

Manter ambientes limpos e higienizados é fundamental para qualquer serviço de saúde, não é mesmo? Mas, quando se fala em ambulâncias, essa necessidade é ainda mais nítida. Afinal, é importante garantir que esses equipamentos estejam em perfeitas condições de uso de forma a evitar a contaminação, tanto dos usuários quanto dos profissionais que atuam nesse espaço.

Mas você sabe como realizar a limpeza de ambulâncias de forma adequada? Entende quais são os principais procedimentos e materiais que devem ser utilizados para evitar a contaminação, principalmente, diante da pandemia de Covid-19? Se não, está na hora de descobrir!

Continue a leitura e veja algumas dicas de ouro para realizar a limpeza das ambulâncias da melhor forma possível!

Retire todos os resíduos e materiais contaminados

Antes mesmo de iniciar a limpeza da ambulância, é essencial que você retire todos os materiais que possam estar contaminados, dando destino adequado para cada um deles. Portanto, entre na ambulância, ainda utilizando o EPI de atendimento do paciente. Caso o equipamento (luvas e máscaras) esteja muito sujo, descarte-o antes de entrar no veículo e troque por um novo.

Recolha todos os materiais contaminados, como algodão, gaze, seringas e outros. Coloque-os em sacos de lixo com a indicação de que são materiais com risco biológico, de forma a garantir que eles terão o destino adequado. Tenha atenção a materiais cortantes e perfurantes, de forma a descartá-los de maneira correta para evitar quaisquer acidentes, tanto entre os atendentes da ambulância quanto entre outros profissionais.

Higienize os locais mais utilizados

O primeiro passo para a limpeza da ambulância é eliminar quaisquer microrganismos que possam estar nas áreas nas quais o paciente toca. Ou seja, é importante higienizar maçanetas, alavancas, apoio de braço, entre outros.

Para isso, você pode utilizar uma solução de água sanitária ou álcool 70%. Coloque um pouco do líquido escolhido em uma pano descartável e utilize-o para limpar todos esses locais, eliminando os microrganismos que possam estar presentes. Lembre-se de que o pano deve estar úmido, sendo que pode ser necessário colocar mais álcool ou solução de água sanitária ao longo do processo.

Limpe a parte interna da cabine

Mesmo utilizando EPIs, como luvas e máscaras, pode ser que exista algum tipo de contaminação na parte interna da cabine da ambulância. Dessa forma, também é necessário higienizar esse local após a saída de cada um dos pacientes.

O procedimento é semelhante ao anterior, também podendo ser utilizada a solução de água sanitária ou o álcool líquido 70%. Utilize o pano úmido para higienizar o painel, volante e maçanetas da cabine da ambulância.

Limpe as partes removíveis

A ambulância tem uma série de equipamentos removíveis, ou seja, que podem ser retirados e, depois, recolocados no local. Na limpeza da ambulância, é importante que você retire e higienize todos eles, de forma a garantir que o local esteja adequado à entrada do próximo paciente.

Portanto, retire todas as partes e separe-as. Lave esses equipamentos com água e sabão e, após o processo, utilize o álcool 70% para garantir que todos os microrganismos foram eliminados. Vale lembrar que esses equipamentos só devem voltar para a ambulância depois da limpeza completa do ambiente interno, de forma a evitar novas contaminações.

Lave o piso da ambulância

Também é essencial garantir que o piso da ambulância esteja completamente limpo antes da entrada de um novo paciente. Portanto, aproveite para higienizar também esse local.

Para isso, comece utilizando água e sabão. Com o auxílio de um esfregão, lave todo o chão da ambulância, enxaguando-o e retirando todo o resíduo que possa ter ficado. Após esse processo, também é necessário desinfetar o chão com álcool 70% ou uma solução de cloro. Portanto, utilize outro esfregão embebido em um desses produtos para realizar a limpeza.

O piso deve ser desinfetado após a retirada de todas as partes removíveis. Além disso, você pode utilizar um pano ou esponja para lavar as paredes e teto do local.

Mantenha a parte externa limpa

Quando se fala em ambulância, a atenção maior é a limpeza da parte interna, que é a mais sujeita à contaminações. Porém, a parte externa também precisa ser mantida limpa, de forma a evitar que os socorristas contaminem o EPI utilizado ao encostar na ambulância ou abrir as portas.

Portanto, mantenha a parte externa sempre higienizada, lavando-a com água e sabão. Por não ser um ambiente infectado, como é internamente, não é necessário e nem aconselhável utilizar o álcool para a higienização. Utilize apenas a água e sabão com o auxílio de uma esponja para garantir a limpeza adequada.

Tenha atenção ao risco de doenças respiratórias

Diante da pandemia de Covid-19, que se espalhou pelo mundo em 2020, é essencial ter atenção na desinfecção de ambulâncias, principalmente, após o transporte de pacientes que tenham suspeita de doenças respiratórias.

Portanto, instrua os socorristas a se manterem alertas para possíveis casos de infecção pelo novo coronavírus, e realizar a higienização da ambulância mesmo que não exista sujeira visível. Também vale lembrar que o paciente não deve ter nenhum tipo de acesso à cabine, e é essencial que todos os atendentes da ambulância utilizem EPIs adequados durante os atendimentos.

Utilize EPIs para a limpeza

Outro ponto que deve ser destacado, quando se fala em limpeza e higienização de ambulâncias, é o fato de que é essencial utilizar EPIs adequados durante esse processo. Caso contrário, os socorristas e equipe de limpeza correm o risco de se contaminar durante a higienização.

Portanto, instrua a equipe a utilizar luvas e máscaras enquanto limpam a ambulância. Também é necessário contar com roupas adequadas e ter atenção à troca de uniforme sempre que for necessário, de forma a evitar quaisquer contaminação, tanto de novos pacientes quanto dos profissionais que atuam nesse local.

Como você pode perceber, limpeza de ambulâncias é assunto sério. É necessário investir na higienização tanto entre o transporte de pacientes quanto ao final do turno de trabalho, de forma a evitar qualquer tipo de contaminação dos usuários ou trabalhadores. Aproveite as nossas dicas para revisar o protocolo de limpeza das suas ambulâncias e garantir que esse processo está cumprindo todas as normas e exigências.

A Verzani & Sandrini oferece o serviço de higienização de ambulâncias com excelência para os clientes. Portanto, entre em contato com a gente e confira essas e outras soluções!

Compartilhe:
en_USEnglish